Você sabe como declarar o apartamento financiado no Imposto de Renda?

 

Você também pode ouvir este post através do player acima!

 

A data para declaração do Imposto de Renda deste ano está se aproximando. Época em que as pessoas têm muitas dúvidas sobre o processo, principalmente quando o assunto é se devo declarar ou não o apartamento financiado no Imposto de Renda? Como proceder? E quais as regras seguir? 

 

Para esclarecer todos esses questionamentos e facilitar a tarefa para você, a ALZ preparou esse conteúdo sobre o tema. Confira todas as informações abaixo! 

 

Boa leitura! 

 

Quem precisa declarar Imposto de Renda?

 

O Imposto de Renda é o tributo mais conhecido do país – é uma contribuição federal sobre a renda que você ganha anualmente. Para isso, é preciso apresentar todos os seus gastos em serviços e tudo que ganhou financeiramente no último ano. No entanto, não é uma regra para todas as pessoas, existem alguns critérios a serem analisados, como, por exemplo:

 

1) Receber mais de R$ 28.559,70 de renda tributável no ano;

2) Ganhar mais de R$ 40 mil isentos, não tributáveis ou tributados na fonte no ano;

3) Ter ganho com a venda de bens;

4) Comprar ou vender ações na Bolsa;

5) Receber mais de R$ 142.798,50 em atividade rural;

6) Ser dono de bens de mais de R$ 300 mi;

7) Passar a morar no Brasil, em qualquer mês de 2019, e ficar aqui até 31 de dezembro;

8) Vender um imóvel e comprar outro num prazo de 180 dias, usando a isenção de IR no momento da venda;

 

Se você se encaixa em algum desses tópicos, então necessita fazer a declaração do Imposto de Renda de 2020. Dentre os itens a serem declarados está seu apartamento financiado, caso ele tenha sido adquirido no último ano. A declaração de imóveis varia de acordo com sua forma de pagamento. Para imóveis pagos a vista é um tipo de formulário e para os financiados é outro. 

 

Afinal, como declarar o apartamento financiado no Imposto de Renda?

 

O primeiro esclarecimento que precisa ser feito é sobre o valor declarado. Pois não é o valor total do financiamento do imóvel – e sim – o valor que já foi quitado até o momento, incluindo os juros. 

 

Outro fato importante é que você mesmo pode fazer a declaração do Imposto de Renda, ou contar com a ajuda de um profissional que preste esse tipo de serviço, como um contador. Caso você mesmo faça sua declaração, existem alguns passos a serem seguidos.

 

  • Acesse o site da receita federal, onde o governo disponibiliza um programa atualizado para sua prestação de contas ao fisco. O próximo passo é identificar quais os formulários que precisam ser preenchidos. Para declarar o apartamento financiado no Imposto de Renda, as opções são ‘’Bens e Direitos’’: você escolhe o imóvel ‘’Apartamento’’ que fica com o código 11. 

 

  • O próximo preenchimento deve ser o do campo ‘’Discriminação’’, onde serão inseridos todos os dados do apartamento, como número de registro, dados do vendedor e como foi realizado o pagamento. Após preencha o campo de ‘’Situação em 31/12/2019’’, referente ao que já foi pago do imóvel até a data citada. 

 

  • Caso tenha sido utilizado o FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) para pagamento do apartamento, esse valor também precisa ser declarado no campo ‘’Rendimentos Isentos e não Tributáveis’’. Além disso, necessita constar na linha 3 em ‘’Indenizações por Rescisão de Contrato de Trabalho’’ o valor que foi que retirado do FGTS.

 

Quais documentos são necessários para declarar o Imposto de Renda?

 

Quando a declaração do Imposto de Renda apresenta erros ou informações contraditórias, existem penalidades, multas e até mesmo a entrada da malha fina. Por isso é tão importante seguir cumprir com todas as regras do processo,  para que a declaração fique o mais clara possível.

 

Tratando-se da declaração de um apartamento financiado no Imposto de Renda, alguns documentos devem ser anexados, como, por exemplo, o número de registro – documento esse que pode ser obtido no Cartório de Registro de Imóveis da sua cidade. 

 

Também é fundamental constar na declaração um extrato fornecido pela instituição financeira e todos os dados desse empréstimo, com o valor, as condições de pagamento, o quanto já foi quitado e o saldo devedor. O prazo de entrega da declaração de Imposto de Renda deste ano ocorre entre 2 de março a 30 de abril. 

 

Agora que você já está por dentro de como declarar o apartamento financiado no Imposto de Renda, acesse nosso site e encontre o seu imóvel! Conheça todos os empreendimentos ALZ.

RECEBA NOSSAS NOVIDADES POR E-MAIL